ACESSO AO SISTEMA

Notícias

Créditos do Programa Nota Salvador já podem ser transferidos para carga em celulares


O prefeito ACM Neto e o secretário da Fazenda, Paulo Souto anunciram novidade do programa Nota Salvador. Agora, os créditos obtidos por meio do programa poderão ser transferidos para celulares da operadora VIVO.

A novidade pioneira no Brasil, já está em vigor. Para transferir o crédito para celular, os usuários do programa deverão ter saldo mínimo de R$ 5 na conta da Nota Salvador. A carga será por múltiplos de R$ 5, limitado a R$ 25 mensais para cada telefone. Cada usuário poderá cadastrar até cinco números de celulares pré-pagos ou controle. Os celulares cadastrados não podem ser corporativos. O bônus gerado no celular será o dobro do valor transferido, ou seja, ao transferir R$ 5 o celular receberá R$ 10 em créditos. A carga do crédito no celular é efetuada em até 10 dias a contar da sua transferência.

Para transferir os créditos para a conta corrente o contribuinte deverá ter um limite mínimo de R$ 25 na “conta” da Nota Salvador.“Nosso objetivo é dar o máximo de visibilidade ao programa e fazer com que o número de pessoas que pedem a nota, com o número do CPF, seja cada vez maior. Toda contratação de serviço, por menor que seja o valor, já prevê a emissão da nota fiscal eletrônica. Com isso, o cidadão nos ajuda a fiscalizar as atividades das empresas e, ao mesmo têm uma série de benefícios” afirma o secretário Paulo Souto.

Toda vez que solicita a nota de prestação de serviço com número do CPF, o cidadão recebe de volta 30% do valor pago em ISS. Este valor fica disponível por até 15 meses contados a partir da disponibilização do crédito. Para cada nota registrada, independente do valor, a pessoa recebe um bilhete eletrônico para concorrer a 15 mil e 613 prêmios em dinheiro, e a cada R$ 20,00 (vinte reais) em notas é atribuído um bilhete para participação nos sorteios mensais de 15 mil prêmios em dinheiro.

Desde o dia 11 de abril, os créditos também já podem ser transferidos para celulares da operadora OI.

Placar

Notícias

Prestador de Serviço